Abertura da Semana Farroupilha 2018

Chama Crioula
13 Setembro 2018

No dia 13 de setembro na Praça Dr.Wolmar Pereira de Mendonça, aconteceu a Abertura da Semana Farroupilha com a transposição da centelha da Chama Crioula, a qual os cavalarianos do CTG Pedro Porto buscaram-a no município de Ijuí/ RS.

Fizeram-se presentes o prefeito Municipal João Hohemberguer de Oliveira, representantes do Legislativo, secretários municipais, a patronagem do CTG Pedro Porto, alunos das escolas municipais e estadual e demais pessoas da comunidade jariense.

Recepcionou a chegada da Chama Crioula a Banda da Escola Estadual Érico Veríssimo “Odaléia Nascimento Flores”

 A história da chama vem carregada de tradição, com objetivo de resgatar, preservar e proporcionar a revitalização das coisas tradicionais do Rio Grande do Sul, através da história gaúcha.

Centenas de cavaleiros estão percorrendo campos e estradas do Estado para conduzir a Chama Crioula, símbolo das comemorações da Semana Farroupilha. Com 71 anos de tradição, o ritual, nesta edição 2018, começou em Iraí, ainda no mês de Agosto. Nas margens do Rio Uruguai, a Chama Crioula foi novamente acessa, marcando os 71 anos da primeira geração da Chama Crioula, no movimento de setembro de 1947.

A Chama Crioula traz em si o reconhecimento pela história e pela trajetória social do gaúcho. Desde então, o acendimento e distribuição da chama crioula se repete anualmente.

O fogo simboliza a fertilidade, o calor, claridade, ardor, paixão, hospitalidade e coragem. Por sua vez a chama crioula representa, a tradição gaúcha e o próprio gaúcho idealizado no espírito heroico dos farroupilhas.

O patrão do CTG Pedro Porto senhor Zalmon Amaral transpõs a centalha da chama crioula, juntamente com Antonella Tomé que também acompanhou a condução da centelha durante o percurso de Ijuí à Jari. Evidencia-se neste gesto que a herança do tradicionalismo vem sendo perpetuada com o passar dos anos, de geração a geração.

Visualizações: 518 pageviews | 485 acessos únicos