Dia D

BNCC, RCG e DOM
17 Junho 2019

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) é um documento de caráter normativo que define o conjunto orgânico e progressivo de aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da Educação Básica.

Conforme definido na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB, Lei nº 9.394/1996), a Base deve nortear os currículos dos sistemas e redes de ensino das Unidades Federativas, como também as propostas pedagógicas de todas as escolas públicas e privadas de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio, em todo o Brasil.

A Base estabelece conhecimentos, competências e habilidades que se espera que todos os estudantes desenvolvam ao longo da escolaridade básica. Orientada pelos princípios éticos, políticos e estéticos traçados pelas Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica, a Base soma-se aos propósitos que direcionam a educação brasileira para a formação humana integral e para a construção de uma sociedade justa, democrática e inclusiva.

A Secretaria de Educação de Jari está realizando o encontro de Estudos nos dias D sugeridos pela SEDUC e demais órgãos colaboradores, UMDIME e UERGS (Universidade Estadual do Rio Grande do Sul) os quais já foram realizados dois encontros, no dia 12 de Abril e dia 17 de junho. Estão previstos mais dois dias de Estudos que será realizado nos dias 29 de Agosto e 23 de Outubro.

No dia 12 de abril, ocorreu o primeiro “Dia D” do ano de 2019. A atividade é parte do processo de implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) nas escolas das redes pública e privada do Rio Grande do Sul. Após a elaboração dos referenciais curriculares da Educação Infantil e do Ensino Fundamental nos estados em 2018, a ação promove o começo da discussão para a construção dos documentos curriculares no território do município.

Na prática, foi um momento para debates e a organização das escolas, com o enfoque em construir uma nova proposta de currículo a partir da BNCC e o Referencial Curricular Gaúcho.  Estavam presentes equipes diretivas, professores e funcionários da rede municipal e estadual do município de Jari. O Dia D foi realizado nos dois turnos sendo que pela parte da manhã estavam presentes profissionais do Ensino Fundamental Anos Finais e Educação Infantil e a tarde profissionais do Ensino Fundamental Anos Iniciais. O encontro foi realizado na sala de Vídeo da Escola Estadual de Ensino Médio Érico Veríssimo.

O encontro foi dividido em três momentos. No primeiro, foi realizado uma explanação sobre o Dia D, BNCC e Referencial Curricular Gaúcho através de slides, após a proposta para que cada profissional respondesse no site específico o Diagnóstico da formação continuada dos professores: sua formação inicial, se atuam em sua disciplina de formação, se possuem tempo para estudar dentro do seu regime de trabalho, e se as escolas, as Coordenadorias Regionais de Educação, as Secretarias Municipais de Educação programam atividades de formação continuada.

Na sequência, foi realizado um desafio proposto pela Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS), em que os professores realizaram uma reflexão em torno do Referencial Curricular Gaúcho, baseado em um conceito de Design Thinking.

No dia 17 de Junho, ocorreu o segundo “Dia D” do ano de 2019, o qual foi organizado pela Equipe Formadora Municipal constituída por professores integrantes das redes municipais e estadual de ensino do município.  Os professores integrantes da Equipe receberam orientações dos Formadores Regionais no dia 11 de junho em Santa Maria/RS.

Neste segundo dia D foram retomado os princípios orientadores do Referencial Curricular Gaúcho em suas concepções de Educação, Aprendizagem, Educação e formação de sujeitos no contexto escolar, Currículo, Competências Gerais da Base, Interdisciplinaridade, Educação Integral, Ciências e Tecnologia Aplicadas à Educação do século XXI, Avaliação e Formação Continuada dos profissionais da Educação e em um segundo momento foi expresso as especificidades do território municipal com o objetivo de compilar informações para a construção do DOM (Documento Curricular Municipal). Na oportunidade também foi realizado um momento de socialização dos grupos que estudaram especificamente os Anos Iniciais e Anos Finais para que o grupo pudesse compreender o estudo que cada um teria que realizar individualmente para que em momentos especificados pudessem entregar esta documentação aos formadores municipais para que os mesmos pudessem então, formalizar toda a documentação para a construção do DOM.

Partindo destas reformulações as escolas terão que também adaptar seus PPP (Projeto Político Pedagógico) e Regimento Escolar no decorrer deste ano letivo.

Visualizações: 92 pageviews | 90 acessos únicos